X

NOSSA CIDADE / Hino de Fênix

Hino de Fênix

HINO DE FÊNIX

Autoria: Letra e música de Sebastião de Lima

I
Nos braços do Ivaí caudaloso
Que ergue forte e varonil
Ó Fênix meu torrão formoso
Terra linda e tão gentil

II
Vila Rica do Espírito Santo
Testemunha os alvores da história
Esta plagas que eu amo tanto
E hei de ver terra de esplendor e glória

III
És Fênix, amada
Orgulho dos filhos teus
Nasceste presestinada
E abençoada por Deus

IV
Minha Fênix, pujante
Outra mais linda não há
És celeiro altissonante
Do querido Paraná

V
A videira é tipo forte
Qual majestoso pinheiro
Que dotou baluarte forte
No labor é o primeiro

VI

Minha Fênix, pujante
Outra mais linda não há
És celeiro altissonante
Do querido Paraná

VII
Aos heróicos pioneiros
Que atenderam o sucesso
Nosso afeto verdadeiro
Pela glória e o progresso

VIII
Minha Fênix, pujante
Outra mais linda não há
És celeiro altissonante
Do querido Paraná